terça-feira, 10 de julho de 2018

Novidade: Adeus. 23 Separações Funestas e Outros Acidentes Naturais, de Luís Rainha

Sinopse:
Adeus. 23 Separações Funestas e Outros Acidentes Naturais, de Luís Rainha, é feito de despedidas. De uma mulher que sem explicação é substituída na vida do homem que a ama(va) a fantasmas demasiado palpáveis, passando por prodígios, mortes reveladoras e violências escusadas. Nas livrarias desde 3 de julho.

Em registos que saltam do quotidiano para o fantástico, da comédia para o terror, assistimos à pequena tragédia de alguém que é «infiel pela primeira vez, por aselhice nobelizável, por cegueira desmedida, por distracção incomensurável». E encontramos um sitiado numa «casa já infestada de grandes animais malvestidos, a fervilhar raiva cega, urgência para vingar na minha sensível pessoa séculos de opressão».

Sobre o autor:
Luís Rainha nasceu em 1962, na Figueira da Foz, e irá morrer um destes dias, não sabe onde.
Estudou Engenharia, pintou, depois vendeu a alma à publicidade e ainda voltou à escola, para estudar
Sociologia. 
No entrementes, foi escrevendo, primeiro para BD, depois no mundo mais crescido dos livros só com letras, publicando também sob pseudónimos. Foi injustamente premiado com três filhos admiráveis e vive entre Lisboa e as Beiras, onde trabalhou pela conservação do lobo-ibérico.
Gasta horas com cada parágrafo que escreve, na ânsia de produzir, mais do que prosa, pequenos
mecanismos falantes que impressionem pela cristalização sem falhas; e que ainda contem histórias
merecedoras da atenção de terceiros. 
O seu livro de contos 18 Palavras Difíceis foi distinguido com uma menção honrosa no Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca.

Ficha do Livro:
Ficção / Contos
216 páginas
15x23 · 15,50 €

Sem comentários:

Enviar um comentário