quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Novidade: Reaccionário com dois cês, de Ricardo Araújo Pereira

Rabugices sobre os novos puritanos e outros agelastas

Por ter frequentado colégios religiosos em criança, o autor habituou-se a ouvir avisos de sacerdotes: «Não se diz essa palavra», «Com esse assunto não se brinca», «Essa figura é sagrada». Agora que é velho, ouve os mesmos avisos da boca de outros sacerdotes — sobre outras palavras, outros assuntos e outras figuras, mas os avisos são exactamente os mesmos. O puritanismo, a aversão ao riso, a vontade de castigar e a convicção de que o castigo é aplicado por juízes infalíveis, também.

Quanto a novidades como o brunch, as caixas de comentários de jornais online, a moderna utilização do adjectivo «brutal», o pensamento positivo, as notícias de lifestyle, e todos os meios de comunicação inventados depois do telégrafo, o autor é igualmente reaccionário. Com dois cês, como deve ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário