quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Nas livrarias: 1147 A Conquista de Lisboa, de Miguel Gomes Martins

A apresentação deste livro decorreu na FNAC do Chiado, tendo sido apresentado por José Varandas, professor auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, sub-diretor do Centro de História e coordenador do curso de Mestrado em História Militar. 

Sobre o livro:
No início de julho de 1147, auxiliado pelos Cruzados, D. Afonso Henriques deu início à tomada de Lisboa aos muçulmanos. A empreitada, que ficou conhecida como A Conquista de Lisboa ou o Cerco de Lisboa, levou 3 meses e terminou em outubro do mesmo ano, passam agora 870 anos.

Ao recorrer ao testemunho de múltiplas fontes portuguesas e estrangeiras que até hoje têm sido pouco utilizadas, o historiador Miguel Gomes Martins - autor dos livros De Ourique a Aljubarrota, Guerreiros Medievais Portugueses e Guerreiros de Pedra - apresenta uma nova perspetiva sobre este episódio algo esquecido pela historiografia das últimas décadas.

Com base em novas informações sobre a História Militar da Idade Média, a Lisboa muçulmana e a História da Cruzada, o autor reconstitui, de uma forma rigorosa e eloquente, este acontecimento decisivo na nossa história e na construção do país que somos hoje.

Sobre o autor:
Miguel Gomes Martins nasceu em Lisboa em Fevereiro de 1965. É licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e é mestre e doutor em História da Idade Média pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, grau que obteve com a dissertação intitulada Para Bellum. Organização e Prática da Guerra em Portugal durante a Idade Média - 1245-1367 (Prémio Defesa Nacional – 2009). 
É autor de diversos trabalhos de História Militar Medieval (entre monografias, artigos e actas de congressos), de entre os quais se destacam os livros Lisboa e a Guerra (1367-1411); A Vitória do Quarto Cavaleiro – O Cerco de Lisboa de 1384; A Alcaidaria e os Alcaides de Lisboa (1147-1433); As Cicatrizes da Guerra no Espaço Fronteiriço Português (1250-1450), em co-autoria com João Gouveia Monteiro (Prémio Cunha Serra, da Academia Portuguesa de História – 2011); De Ourique a Aljubarrota – A Guerra na Idade Média; Guerreiros Medievais Portugueses-De Geraldo Sem-Pavor ao Conde de Avranches; A Arte da Guerra em Portugal - 1245 a 1367 (Prémio Augusto Botelho da Costa Veiga - 2014);Guerreiros de Pedra. Castelos, Muralhas e Guerra de Cerco em Portugal na Idade Média (Prémio Augusto Botelho da Costa Veiga, da Academia Portuguesa da História - 2016). 
É técnico superior do Gabinete de Estudos Olisiponenses, colaborador do Centro de Estudos da História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra e investigador integrado do Instituto de Estudos Medievais, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova, onde lecciona a cadeira opcional de História da Guerra na Idade Média.

Sem comentários:

Enviar um comentário