segunda-feira, 23 de abril de 2012

Os Pilares da Terra, de Ken Follet (volume I)

Terminei ontem, o primeiro volume da obra "Os Pilares da Terra". Sendo um livro já "antigo", ouvira falar na sua grandeza vezes sem conta, até que me decidi a comprá-lo.

É fabuloso!

Tom "Pedreiro" tem de garantir o sustento da sua família, ao mesmo tempo que almeja construir uma catedral. Quando se vê sem trabalho e com um um bebé a caminho, Tom, Agnes, Alfred e Martha metem pés ao caminho, por forma, a que Tom encontre algo que providencie dinheiro, comida e uma casa.

Entretanto, depois de vários contratempos e na mais completa miséria, Agnes morre, após dar à luz. Sem forma de sustentar mais uma boca, Tom abandona o recém-nascido - que acaba por ser recolhidos pelo Prior Philip, outra personagem central na narrativa.

Outros personagens, como o Lord William Hamleigh, o mais detestável dos seres humanos, Aliena, uma donzela que se vê na desgraça, Ellen e Jack, a família que seguirá Tom, entre outros preenchem as muitas páginas de Os Pilares da Terra.

Não me vou alongar, por duas razões: 1 - A obra está cheia de "tricas", de voltas e contra-voltas, de personagens boas e más, que estaria aqui demasiado tempo a falar de todas; e 2 - porque a série televisiva já passou em Portugal.

Adorei e recomendo vivamente. Agora estou "em pulgas" para o segundo volume, mas... como a Feira do Livro está quase quase a chegar, espero mais um nadinha e tento encontrá-lo a um precinho mais simpático, vá!

Sem comentários:

Enviar um comentário