domingo, 19 de setembro de 2010

Os Pássaros da Morte

Estão a ver aquele tipo de livros que à medida que o vão lendo, simplesmente, não querem parar? E que à medida que vão acabando vocês só querem saber o que acontece na última linha? E lêem-no tão depressa que, quando se apercebem, já o estão a fechar? Pois... isso aconteceu-me ontem. Terminei um livro e ontem fui à estante buscar outro. Comecei a lê-lo por volta das 11h00 e seriam 23h00 quando o terminei.

A Mo Hayder foi a culpada. O meu namorado emprestou-me o primeiro livro dela, Os Pássaros da Morte, e simplesmente tive de acabar de o ler de tão... louco que é.

Em Inglaterra, a polícia é alertada para a descoberta de um corpo semi-acimentado. Uma mulher. Talvez prostituta. Quando chega a Investigação Criminal e é necessário levar o corpo para a morgue, surge o inesperado: mais quatro corpos. Durante a autópsia, algo ainda mais inesperado... cada corpo tem dentro de si um pequeno tentilhão.

Caffery, um dos inspectores envolvidos no caso, vê-se numa investigação que a droga, o álcool e a prostituição são práticas recorrentes (Caffery é, além do mais, a personagem principal de mais quatro obras da autora). Um thriller muito louco!!! Recomendo vivamente - às pessoas com estômago forte!

Sem comentários:

Enviar um comentário