segunda-feira, 27 de março de 2017

Brevemente: O Inquisidor, de Marcello Simoni

A partir de 6 de abril, estará disponível o novo livro do escritor italiano Marcello Simoni.

Sou confessa apreciadora deste autor. Gosto da forma como, bem documentado, consegue criar narrativas históricas e com uma ponta de suspense, suficiente para querermos voltar a lê-lo. E só de ler o resumo de mais este livro, sinto-me já em pulgas e a querer que o dia 6 de abril seja amanhã.

Sinopse:
Século XVII. A poucos dias do início do Ano Santo, a morte de um frade, consultor da Congregação do Índice, o braço mais recente da Inquisição, agita os meios religiosos. O homicídio desde homem, encontrado com o corpo encravado numa prensa tipográfica e com a boca cheia de papéis impressos tem de ser rapidamente resolvido.

A investigação é entregue ao inquisidor Girolamo Svampa. As suspeitas são muitas, envolvendo desde a Companhia de Jesus até agentes misteriosos de potências rivais. E há ainda a surpreendente ligação ao meio dos impressores e tipógrafos de Roma. Svampa depara-se com personalidades poderosas e a situação revela-se, subitamente, delicada e perigosa.

Criatura de hábitos e pouco diplomata, com uma aversão patológica pela fugacidade do presente, o comissarius trabalha de acordo com um código moral rígido. Conseguirá desvendar o crime sem comprometer os seus princípios?

Marcello Simoni cria neste romance uma extraordinária figura de detetive: um dominicano racional como um cientista mas simultaneamente perito em ciências ocultas. Um homem que trabalha em nome da Igreja, embora questione certos comportamentos eclesiásticos. Com efeito, Svampa é filho de um impressor acusado de heresia e transporta consigo uma marca gravada a fogo que nunca cicatrizou…

Ficha Técnica:
O Inquisidor
Tradução de Maria Irene Bigotte de Carvalho
352 Págs. | PVP: 17,50 €
Clube do Autor

Sem comentários:

Enviar um comentário