domingo, 21 de novembro de 2010

A Escrava de Córdova


Alberto Santos, advogado, formado pela Universidade Católica,presenteia-nos com a sua primeira obra literária.
Uma obra belíssima sobre a vida peninsular no período medieval, século X, no seio de uma encruzilhada de culturas.
Época em que os árabes liderados pelo grande Almansor dominavam a Península e cuja cultura florescia na maravilhosa cidade fortificada Medina Al Zahra, nas medianas de Qurtuba a actual Córdova.

Querelas incursões e batalhas entre o Sul arabizado e o Norte cristão. Amor e paixão entre uma jovem princesa anegiense raptada e reduzida à escravatura por duas vezes, e o filho do braço direito de Almansor, Abdus.

A trama, o rigor histórico e linguístico e o desenvolver dinâmico do romance, torna-o num livro surpreendente, rico em detalhes e que nos transporta pelo mundo peninsular antigo.

A todos os que apreciam o romance histórico, sobretudo este escrito por um autor português, recomendo vivamente a sua leitura e deliciem-se tal como eu me deliciei.

Sem comentários:

Enviar um comentário