sábado, 20 de janeiro de 2018

Novidades 20|20 Editora

Ano Novo, catálogos novos. O Grupo editorial 20|20 já divulgou as novidades do 1.º semestre do ano nas várias chancelas que detém. Como janeiro já vai a mais de meio, dou-vos um cheirinho de fevereiro e março para irem começando a poupar.



ELSINORE

Fevereiro

A Tempestade- Contos Reunidos, de Marina Perezagua
Foi através do conto que Marina Perezagua se revelou nas letras espanholas, conquistando automaticamente um singular lugar na ficção contemporânea. Esta antologia reúne contos dos livros Criaturas Abisales (2011) e Leche (2013). Nascida em Sevilha, em 1978, Marina Perezagua é autora ainda dos romances Yoro e Don Quijote de Manhattan.

Homem-Tigre, de Eka Kurniawan
Nascido na Indonésia, em 1975, e autor de romances e antologias de contos, Eka Kurniawan é uma das mais recentes e fulgurantes revelações da literatura mundial. Com a tradução inglesa das suas obras, o seu peculiar universo literário chegou a um número ainda mais vasto de leitores, num êxito acompanhado pela crítica. Homem-Tigre integrou a longlist do prestigiado Man Booker Internacional Prize, em 2016, e tem vindo a ser traduzido um pouco por todo o mundo. Trata-se do segundo romance de Eka Kurniawan, publicado na Indonésia em 2004 e com tradução inglesa em 2015. Passado numa pequena cidade costeira da Indonésia, Homem-Tigre conta a história de duas famílias. No centro do enredo está Margio, um homem comum a tantos outros, exceto no facto de esconder dentro de si um tigre branco. As intrigas e as traições entre as duas famílias vão agitar este ser mágico, rumo a um final arrebatador. Lírico, experimental, político e jocosamente escandaloso, Homem-Tigre é um dos romances mais marcantes dos últimos anos.

Março

A Dança do Rapaz Branco, de Paul Beatty
Romance de estreia de Paul Beatty, autor do consagrado O Vendido, vencedor do Man Booker Prize de 2016. Neste primeiro romance do escritor norte-americano já estão presentes os ingredientes que o têm evidenciado no contexto da Literatura de Língua Inglesa: escrita versátil, do erudito ao calão, humor subtil e inesperado, e uma atenção especial aos temas da raça e da condição afro-americana. Num passe de dança, um rapaz muda-se de Santa Monica para Los Angeles e do anonimato para a
fama. Mas como se sabe, a boa música e a boa dança não duram para sempre.

CAVALO DE FERRO

Fevereiro

A Maldição de Hill House, de Shirley Jackson
Publicado em 1959, A Maldição de Hill House é uma revisitação (e atualização) das histórias de fantasmas. De resto, nos seus contos e romances, a escritora norte-americana (1916-1965) sempre procurou ambientes e personagens assombrados.

Março

As Dezassete Pequenas Histórias, de AA. VV.
Antologia de 17 contos de autores sul-americanos, numa parceria com o Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa.

Os Prémios, de Julio Cortázar
Publicado originalmente em 1960, Os Prémios é o primeiro romance de Julio Cortázar e, em muitos aspetos, um verdadeiro percursor de O Jogo do Mundo – Rayuela, lançado três anos mais tarde. Tem como protagonistas os vencedores de uma lotaria que recebem como prémio uma viagem num cruzeiro sem destino conhecido. O mistério adensa-se ainda mais, a meio da viagem, quando os passageiros são informados de que houve um problema no navio e que não podem sair de uma área de segurança. Encarando o problema como um jogo, todos tentam perceber o que aconteceu, ao mesmo tempo que o passado (os pequenos dramas quotidianos) e o futuro (as ansias por cumprir) emergem com uma força incontrolável. Até agora inédito em Portugal.

TOPSELLER

Fevereiro

A Verdade sobre o Lorde Stoneville, de Sabrina Jeffries
A autora apresenta-se aos leitores nacionais. Autora bestseller norte-americana, conta com mais de 50 romances e contos publicados, 9 milhões de livros vendidos em 20 línguas. Estreia-se agora em Portugal com A Verdade sobre o Lorde Stoneville.

E, porque este é o mês dos namorados, Melissa Pimentel traz-nos uma história romântica e divertida: Procura-se Homem (sem Compromisso).

Do romance para o thriller, C.L Taylor, autora de A Fuga, regressa com Desaparecido: No Rasto de Billy, enquanto K.L. Slater, autora de A Salvo Comigo, repete presença com Sem Rasto.

Março

Da mesma equipa que trabalhou as obras A Rapariga no Comboio e Escrito na Água, de Paula Hawkins, chega a Portugal Anatomia de Um Escândalo, de Sarah Vaughan. Esta será a grande aposta da Topseller para o primeiro semestre. Elogiado pela crítica que teve previamente acesso ao texto, Vaughan oferece-nos uma perspetiva fascinante sobre as maquinações escondidas num escândalo político e sobre o conflito entre justiça e privilégio. Um romance notável arrebatador.

A Rapariga Alemã marca nova estreia em Portugal, agora de Armando Lucas Correa, jornalista espanhol multipremiado e Editor da versão espanhola da revista People. Esta é a história emocionante de duas raparigas, cujas vidas, separadas por mais de 50 anos de história, se encontram marcadas pelo peso da memória e pelo impacto de dois dos eventos mais traumáticos da história moderna: a 2.ª Guerra Mundial e o 11 de setembro.

Ainda em Março, chegam às livrarias Batman: Vigilante Noturno, da DC Icons Series, e Às Cegas: Num Mundo Enlouquecido em Quem Podes Confiar?, de Josh Malerman, ambos de literatura fantástica, e o thriller Sem Saída, de Taylor Adams.


VOGAIS

Fevereiro

Amon: O Meu Avô Poderia Ter-me Matado, de Jennifer Teege com Nikola Sellmair
Há uma infinidade de pequenas e tocantes histórias dentro da grande História da II Guerra Mundial, mas poucas tão surpreendentes como a que Jennifer Teege conta neste livro. Um dia, na Biblioteca Central de Hamburgo, Jennifer deparou-se com um livro que captou de imediato a sua atenção. Chama-se A História de vida de Monika Göth, filha do comandante do campo de concentração de A Lista de Schindler.
Era uma curiosa coincidência, já que a sua mãe também se chamava Monika e Jennifer, antes de ser adotada, também usava o apelido de Göth. Anos antes, a sua mãe, incapaz de criar a filha, dera-lhe para adoção, e um manto de silêncio caiu sobre o seu passado. Mas esse livro devolveu-lhe tudo, de uma só vez, sem filtros, nem avisos. A Monika Göth era mesmo a sua mãe. E Amon, o tenebroso comandante do campo de concentração de Cracóvia, o seu… avô. Para quem estudou em Israel, tem imensos amigos judeus e é filha de pai nigeriano (logo não totalmente ariana), foi um choque.
«O meu avô poderia ter-me matado», foi uma das suas primeiras conclusões. Mas foi também um encontro consigo mesma, com as depressões constantes da mãe, com as suas próprias recaídas. Foi, ao fim e ao cabo, uma redenção pessoal, que teve como última etapa a publicação deste poderoso relato, escrito a meias com a jornalista Nikola Sellmair.

Tudo bem aí em baixo? As respostas de um urologista às perguntas que não temos coragem de fazer, de Oliver Gralla 
Enquanto para as mulheres uma ida ao ginecologista já se tornou uma rotina, os homens ainda sentem alguma vergonha em consultar um especialista quando precisam de uma vistoria ao «andar de baixo». De modo a combater a ignorância, prevenir experiências de autocura e esquecer inibições, o Dr.Gralla aborda, num tom descontraído, assuntos como a infertilidade, a disfunção erétil, a ejaculação precoce, os níveis de testosterona e a contraceção, explicando-os de forma clara e com bases científicas. Tudo Bem aí em Baixo? não é o típico guia médico com receitas, mas sim um manual explicativo e divertido, apelando a curiosos e a todos os que ainda têm vergonha de consultar um especialista. Além de conselhos médicos, o Dr. Gralla oferece uma grande dose de humor, ao relatar uma série de episódios anedóticos passados no seu consultório. E este livro não é só para homens. Também as mulheres poderão aprender muito. Afinal, o que se passa na cabeça deles nem sempre é tão simples quanto parece.

Março

Em Busca da Memória: A Luta Contra a Doença de Alzheimer, de Joseph Jebelli
A Organização Mundial de Saúde estima que em todo o mundo existam 47,5 milhões de pessoas com demência, número que pode atingir os 75,6 milhões em 2030 e quase triplicar em 2050 para os 135,5 milhões. Em Busca da Memória, da autoria do neurocientista britânico de 31 anos Joseph Jebelli, é sobre o passado, o presente e o futuro da doença de Alzheimer. Desde o primeiro caso registado há mais de cem anos até à inovadora investigação que está em curso, numa história capaz de rivalizar com qualquer romance policial, onde os heróis são os cientistas do mundo inteiro e os corajosos pacientes e as suas famílias. Um relato em que o autor dá rostos à doença para revelar uma pandemia que demorou séculos a detetar, lembrando a todos de que nunca devemos tomar a memória — o nosso bem mais precioso — como garantida.

FÁBULA

Fevereiro

Civilização e Outros Contos, de Eça de Queirós
Também na coleção Tesouros da Literatura, uma seleção dos melhores contos de Eça de Queirós. São eles: Civilização, A Aia, O Tesouro, O Suave Milagre, Outro Amável Milagre, Singularidades de Uma Rapariga Loura, Frei Genebro, A Perfeição e José Matias. Prefácio de Maria do Rosário Pedreira.

Começa numa Semente, de Laura Knowles
Uma delicada e visualmente deslumbrante viagem pelas estações que mostra aos mais pequenos como uma única semente se transforma numa árvore grandiosa, sem esquecer todas as criaturas que fazem dela a sua casa.

Março

Sem Rede, de Margarida Fonseca Santos
Novo volume da coleção A Escolha é Minha, na qual Margarida Fonseca Santos, uma das mais destacadas escritoras da Literatura infantojuvenil, aborda os desafios que todos os jovens têm de enfrentar. O tema, agora, é como enfrentar uma situação de urgência e perigo iminente, como um grande incêndio.

Vinte Fábulas de La Fontaine
O maravilhoso mundo das fábulas de La Fontaine, com seleção e reescrita de José Jorge Letria. Volume integrado na coleção Pé de Pato

Franklin e a Livraria Voadora, de Jen Campbell
Ele é um dragão, ela gosta muito de ler. Ele assusta toda a gente, ela não tem medo de ninguém. Ele surge em muitas histórias, ela anda sempre à procura de novas. Assim são as personagens, amigos improváveis e inseparáveis, deste deslumbrante álbum ilustrado de Jean Campbell.

BOOKSMILE

Tom Gates, coleção multipremiada da autora britânica Liz Pichon, soma mais um volume - Tom Gates 9: No TOP da Turma (Quase) chega às livrarias em fevereiro.

Ultrapassados os 250 mil livros editados, a coleção O Bando das Cavernas, escrita e ilustrada pelo português Nuno Caravela, já se impôs no mercado editorial português e é já uma das favoritas das crianças entre os 6 e os 10 anos. E O Bando das Cavernas 20: O Rebelde chega às livrarias em março com uma surpresa associada: uma das personagens saltou da imaginação de uma criança, num desafio lançado nas redes sociais e escolas.
De Maria Inês de Almeida, também a coleção Simão, pensada para crianças a partir dos 4 anos, soma e segue com dois novos exemplares: Simão, o Pequeno Leão 6: O Circo Chegou! e Simão, o Pequeno Leão 7: Vamos Acampar!.

Sem comentários:

Enviar um comentário