terça-feira, 28 de junho de 2011

Relato de um náufrago, de Gabriel Garcia Márquez

Mais um livro impressionante assinado pelo escritor colombiano. Desta feita, trata-se do relato de Luis Alejandro Velasco, marinheiro no contratropedeiro Caldas que naufragou em 28 de Fevereiro de 1955.

De acordo com a "História desta história", este é o relato mais fiel do que foi o naufrágio - contado à revelia da Marinha colombiana - e do que Luis Alejandro Velasco passou nos dez seguintes, a tentar sobreviver no mar, numa balsa, sem comer nem beber.

Depois de chegar a terra, Luis Alejandro Velasco é "sequestrado" pelas Forças Armadas de forma a que não se soubesse que o naufrágio se devia a uma série de faltas gravíssimas (tal como o transporte ilícito de mercadorias), que não permitiram que o navio fosse bem manobrado.

Sete homens morreram no naufrágio e apenas Luis Alejandro Velasco sobreviveu. A verdadeira história foi publicada em 1970, em 14 dias consecutivos e assinada pela mão de GGM.

É um relato cru, sempre na 1.ª pessoa, e sem "xaropadas" romanceadas. É a história de alguém que lutou duramente para sobreviver.

Sem comentários:

Enviar um comentário