domingo, 4 de outubro de 2009

Lady Agatha Christie II

Li 'O Assassinato de Roger Ackroyd' em 24 horas. Muito bom. Como já havia referido, nunca tinha lido nada de Agatha Christie, apesar de acompanhar algumas aventuras de monsieur Hercule Poirot através da série televisiva.

Agora, segue-se o sobejamente conhecido 'Um Crime no Expresso do Oriente'.

Sinopse do livro (retirada do site Bookworms):
Pouco depois das doze batidas da meia-noite, um nevão obriga o Expresso do Oriente a parar. Para aquela época do ano, o luxuoso comboio estava surpreendentemente cheio de passageiros. Só que pela manhã havia, vivo, um passageiro a menos. Um homem de negócios americano jazia no seu compartimento, apunhalado até à morte.
Poirot aceita o caso, aparentemente fácil, que acaba por se revelar um dos mais surpreendentes de toda a sua carreira. É que existem pistas (muitas!), existem suspeitos (muitos!), sendo que todos eles estão circunscritos ao universo dos passageiros da carruagem. Para ajudar às investigações, o morto é reconhecido como sendo o autor de um dos crimes mais hediondos do século. Com a tensão a aumentar perigosamente, Poirot acaba por esclarecer o caso…de uma maneira a todos os títulos surpreendente!


Mais uma vez, um dos belgas mais conhecidos de sempre está em acção.

Sem comentários:

Enviar um comentário