sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A noiva despida




Sexo. Intimidade. Fuga. Que parte de nós sobrevive ao poder asfixiante das convenções?





"Ela era a esposa perfeita, a mãe exemplar, uma mulher irrepreensível na sua calma e discrição. Agora está desaparecida, e o seu carro foi encontrado abandonado num local remoto. Para trás deixa um desconcertante e explosivo diário onde revela ter levado uma vida dupla na qual transpôs a barreira entre fantasia e realidade. No ar fica a pergunta: será possível conhecer inteiramente uma pessoa?"


Pufff...ainda bem que só me custou 4,50€.

Lê-se bem...mas eu esperava melhor.

SmS

Sem comentários:

Enviar um comentário