sábado, 15 de abril de 2017

Ligações Arriscadas, de Sandra Brown

Terminei ontem, sexta-feira, o livro Ligações Arriscadas, de Sandra Brown. Nunca tinha lido nada desta autora, e quando a oportunidade surgiu, não hesitei. E sendo um género com que me identifico, melhor ainda...

Crawford Hunt, ranger de profissão, acabou de preparar o quarto da filha, Georgia, de quatro anos. No dia seguinte, irá a tribunal tentar reaver a custódia da menina, que está sob o cuidado dos avós maternos desde a morte da mãe. 
Em tribunal, quando a juíza Holly Spencer se prepara para ler a sua decisão, um homem entre dentro da sala de audiências, mata um agente na sala e dispara sobre a juíza. Hunt não hesita e corre atrás do homem, encurralando-o no telhado. Após uma breve troca de palavras, os policiais que, entretanto, se juntaram a Hunt, disparam, fatalmente, sobre o homem. 
Tudo parecia resolvido, até que Hunt se apercebe que o homem deitado na morgue não é o mesmo que disparou na sala de audiências.
Começa aqui um jogo de gato-e-rato, decisivo para todos os protagonistas. 

Não é segredo para ninguém que gosto do género policial. Adoro a investigação, os twists, a adrenalina da descoberta... 
Há, contudo, neste livro, pequenas partes que quebram um pouco do ritmo frenético. A juíza e Hunt começam a sentir-se atraídos, e há momentos em que a autora dá um pouco mais de destaque ao crescente entre eles. É necessário para o leitor, obviamente, mas para mim, como sou um pouco "pão, pão - queijo, queijo"... se quero ler um romance, pego num romance; se quero ler um policial, pego num policial... não misturo os dois. 
Gostei do livro, e gostei, especialmente, desta minha primeira experiência com Sandra Brown. 

Sobre a Autora
Sandra Brown é a autora de mais de setenta romances, na sua maioria bestsellers do New York Times. É uma das mais importantes escritoras de romances policiais dos Estados Unidos, distinguida, entre outros, com os prémios Texas Medal of Arts Award for Literature e o Thriller Master de 2008,a distinção máxima atribuída pela International Thriller Writer's Association.
Nascida em Waco, no Texas, Brown trabalhou como modelo e em programas de televisão antes de se dedicar à escrita. Publicou o seu primeiro romance em 1981 e, desde então, já vendeu cerca de oitenta milhões de exemplares em todo o mundo, estando a sua obra traduzida em trinta e três idiomas.
Vive com o marido em Arlington, no Texas.

Ficha técnica:
Editora: Quinta Essência
400 páginas 
14,94€

Sem comentários:

Enviar um comentário