segunda-feira, 20 de outubro de 2014

A Princesa de Gelo, de Camilla Läckberg

Sinopse do site Wook:
Quando regressa à sua cidade Natal, Erica Falk encontra uma comunidade envolvida em tragédia. A morte da sua amiga de infância, Alex é só o princípio do que está para vir. Tudo leva a crer que Alex se suicidou, mas quando começa a escrever uma evocação para ler no funeral da amiga, Erica vê-se de repente no centro dos acontecimentos. 
Conhece Patrik Edstrom, que investiga o caso e os dois acabam por formar uma equipa para resolver o enigma da morte de Alex e trazer ao de cima a verdade de um passado perturbador.

Não sei se é por já ter lido muitos (demasiados!) livros policiais, acabei por desvendar parte do "passado perturbador" da vítima, Alexandra.
Há muito tempo que andava para ler qualquer coisa desta autora sueca, Camilla Läckberg, mas nunca tinha surgido a oportunidade, até há semana passada.

(verdade seja dita: o facto de na capa estar escrito "A nova Agatha Christie (...) pesou na minha decisão de comprar o livro!)

Li a edição de bolso, mais económica, mas lê-se bem, apesar de ser um livro grande. A história é envolvente e deixa-nos quase perturbados com algumas das revelações. É daqueles livros que queremos ler, ler, ler, ler... e quando termina ficamos com a sensação de "e agora?". Felizmente, que a autora optou por dar continuidade à história de Erica e de Patrick, e à da comunidade de Fjällbacka, e os livros seguintes continuam com estes que se tornam os nossos heróis. 

A literatura nórdica em grande. Não que me surpreenda depois de já ter livro a saga Millenium, de Stieg Larson, e ter conhecido Jo Nesbø.